Como Escolher o Nicho Certo: Dicas de Ouro para o Sucesso do seu Produto

Você já desistiu de uma ideia que parecia boa ou não obteve sucesso por não saber como escolher o nicho certo para o seu produto? Isso acontece porque muitas pessoas não sabem que, antes de começar a investir toda a sua energia e dinheiro no produto, é preciso escolher bem o nicho de mercado em que irão atuar.

Você conhece o livro A Arte da Guerra?

Nele há uma passagem que diz que guerreiros vitoriosos vencem antes de ir para a batalha. Os guerreiros fracassados, por sua vez, primeiro vão para a batalha e só depois tentam vencer.
Isso está diretamente relacionado à escolha do seu nicho, isto é, da sua fatia do mercado. Se você tem uma ideia de produto, antes de tomar qualquer providência, você precisa saber se há uma demanda por esse produto.
Muitas vezes, nós ficamos tão apaixonados por uma ideia, que acabamos nos esquecendo de olhar ao redor e verificar se o público realmente quer o que vamos oferecer.
Para quem pretende entrar no nicho de informação, temos uma boa notícia: a própria internet pode te ajudar a atingir milhões de pessoas e descobrir o que elas querem ou precisam.

Como escolher o nicho certo

Dicas para escolher o nicho certo de mercado

Para escolher o seu nicho certo de mercado, você precisa levar em consideração 3 fatores:

1. Paixão

Se você vai elaborar um produto de informação, o ideal é que seja relacionado a algo de que você realmente goste, que te mova.
Isso porque, quando se trata de produto de informação, você precisa estar pesquisando e se atualizando constantemente. Já imaginou ter que estudar algo de que você não gosta?
Então, encontrar algo de seu interesse facilita muito na hora de criar um bom produto. Pergunte-se sempre: quero continuar trabalhando com isso daqui a alguns anos?

2. Habilidade

Você precisa ter o mínimo de habilidade para transformar a vida de quem comprar seu produto. Essa habilidade é necessária ou para que você mesmo aprenda sobre o assunto ou para se associar a alguém que já tenha esse conhecimento.
No segundo caso, a vantagem é que o especialista, na maioria das vezes, não vai estar tão interessado no marketing, e sim no trabalho relacionado à sua especialidade.

3. Dinheiro

Se você vai criar um produto que vai ser vendido, precisa saber se existe dinheiro naquele mercado, isto é, se as pessoas querem e podem pagar pelo seu produto.
Lembre-se: o dinheiro só vem quando você consegue entregar valor para as pessoas.
E, afinal de contas, onde está o seu nicho? Na interseção desses 3 fatores.
Pode até parecer simples, mas a má notícia é que é muito difícil chegar a essa interseção com facilidade. Ainda assim, esse exercício é fundamental para que você veja onde está.
Sabendo o que você tem e do que precisa, será mais fácil tomar as decisões necessárias.

Conheça os meganichos de mercado

Hoje, existem 3 grandes nichos  de mercado em que as pessoas não só têm necessidade, como estão dispostas a pagar para terem essas necessidades resolvidas.
Naturalmente, você não precisa ficar restrito a eles, mas são eles que têm maior probabilidade de gerar um bom retorno.
Vejamos quais são esses meganichos:

1. Saúde

Esse nicho é muito promissor. É por isso que a indústria farmacêutica, por exemplo, sempre vai existir: porque resolve várias das necessidades de quem quer melhorar ou recuperar a saúde.

2. Relacionamento

De maneira geral, o ser humano tem duas necessidades “pré-programadas”: crescer e se multiplicar. Só que, para se multiplicar, ele precisa se relacionar.
A área de relacionamentos, principalmente no meio online, é pouquíssimo explorada no Brasil. Por isso, também é um nicho muito promissor.

3. Dinheiro

O dinheiro sempre está relacionado a crescimento. Praticamente todo mundo quer, entre outras coisas, ganhar mais dinheiro.
Se você encontrar um jeito de mostrar às pessoas como elas podem conseguir mais dinheiro, elas com certeza estarão dispostas a pagar bem por essas informações.
Uma informação extra: o nicho de hobbies, apesar de não ser um meganicho, também é extremamente promissor. Nesse caso, você precisa avaliar quais são os hobbies em que as pessoas realmente investem, como tênis e fotografia.

Explorar subnichos de mercado: um bom negócio

Cada um desses meganichos tem seus respectivos subnichos. Por exemplo: fitness é um subnicho do meganicho de saúde. Já marketing digital é um subnicho do meganicho dinheiro.
Além disso, os próprios subnichos também podem ter subnichos.
Quanto mais específico você for, maior é a chance de encontrar uma porta de entrada que não será encontrada por um competidor maior – até porque ninguém é capaz de cobrir um nicho inteiro.
Entendeu como escolher o melhor nicho para o seu produto? Para ter acesso a mais conteúdos com dicas e sacadas que irão garantir o sucesso do seu negócio, se inscreva no blog e receba nosso material exclusivo.
Não esqueça de compartilhe nosso conteúdo e de deixar o seu comentário nesse post, ele é muito importante para nós.

Comentários

Postagens mais visitadas